Devido ao Aquecimento Global a resiliência com o clima será mais uma habilidade que as futuras gerações terão que aprender.

Depois de grandes esforços, para conter os efeitos do Aquecimento Global, foi assinado, durante a 21ª Conferência das Partes (COP21) o documento, chamado de Acordo de Paris (acesse aqui), foi ratificado pelas 195 partes (países) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) e pela União Europeia. Um dos objetivos é assegurar que o aumento da temperatura média global fique abaixo de 2ºC acima dos níveis pré-industriais e prosseguir os esforços para limitar o aumento da temperatura a até 1,5°C acima dos níveis pré-industriais, por isso é muito importante que o Aquecimento Global e suas consequências sejam enfrentadas. Mesmo assim será necessário aprender a conviver com as consequências do chamado efeito estufa. Se assim for, os nossos filhos terão que dominar uma habilidade a mais, a resiliência aos efeitos do Aquecimento Global. Sim resiliência que no conceito da palavra é: a capacidade de se recobrar facilmente ou se adaptar às mudanças. Isto mesmo adaptar-se as mudanças do clima que a nossa geração e as anteriores provocaram, principalmente com nossas máquinas movidas a combustíveis fósseis, quebrando o equilíbrio natural que mantinha o planeta um lugar mais confortável do que será para nossos filhos. Certamente eles terão que saber desde pequenos, prever e adaptar-se aos extremos do clima, causados pelo Aquecimento Global, como os ciclos mais intensos de secas e chuvas.  Já existem inciativas aqui mesmo no Brasil voltada para a educação das crianças, o CEMADEN (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais) que esta promovendo concursos em escolas de nível médio para incentivar as crianças e adolescentes a monitorarem o clima e aprenderem a lidar com os extremos climáticos e ajudarem a comunidade em que vivem com medidas preventivas. Penso que para as novas gerações esta disciplina fará parte do curriculum escolar desde a primeira idade, assim como se faz hoje em países sujeitos a terremotos como o Japão. Várias áreas do conhecimento serão adaptadas como a arquitetura, a agricultura, a meteorologia entre outras para servir de ferramentas para enfrentar um clima mais hostil.
Esta será uma das muitas medidas importantes que as futuras gerações terão que tomar assim como mitigar (adaptar) as cidades, as residências, prédios públicos etc… para lidar com o Aquecimento Global causadas pela potencialização do efeito estufa devido a liberação de vários gases que ficam por varias décadas na atmosfera.

Por Hélio Antonio Frei Filho.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta