Após cancelada pelo Chile, COP 25 será em Madri na Espanha.

Declaração UNFCCC

A UNFCCC (Convenção-Quadro das Nações Unidas) na pessoa de sua secretária-executiva, Patrícia Espinosa, publicou em seu site a seguinte nota oficial:

Após o anúncio de ontem (30/10/2019), o Governo do Chile, como nova Presidência, me informou que recebeu uma oferta generosa de apoio do Governo da Espanha para realizar a Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP25) em Madri nas mesmas datas originalmente planejadas.

Esperamos que o Bureau da COP considere esta solução proposta o mais rápido possível. É encorajador ver os países trabalhando juntos no espírito do multilateralismo para enfrentar as mudanças climáticas, o maior desafio que esta e as futuras gerações enfrentam.”

Aquecimento Global Mudando a Economia, Política e a Sociedade

Muitos países que já perceberam que as questões das mudanças climáticas causarão profundas mudanças econômicas, sociais, política e tecnológicas nas próximas décadas, não perdem a oportunidade de protagonizar sobre as questões do aquecimento global, pois este tema será cada vez mais importante de agora em diante.

A economia deverá adotar cada vez mais fontes de energias sustentáveis, como a solar e eólica, o exemplo disto são as fazendas de energia solar e eólica. Setores como a indústria e meios de transportes, terão que adotar meios de energias mais limpas, o que resultará em um grande salto tecnológico.

Photo by Jon Tyson on Unsplash

A sociedade e a política será cada vez mais afetada por pressões sociais, bem maiores as que vemos hoje, de jovens engajados e conscientes quanto à urgência de adoção de providencias para estabilizar as mudanças climáticas.

Governos terão que enfrentar pressões sociais causadas pelas sérias consequências das enchentes, secas, quebras de safras entre outras consequências causadas pelo aquecimento global cada vez mais intenso.

E de muito bom senso a Espanha acolher em Madri a COP 25, como já fossem poucos os problemas que a UNFCCC tem enfrentado para tentar fazer as partes (países, signatários) chegarem a um consenso de que é urgente as providencias a serem adotadas na contenção do aquecimento global, ainda tem que lhe dar com estas questões de agenda e sede. Lembrando que esta é a segunda vez que a sede da conferencia tem que ser mudada, originalmente a conferencia seria realizada no Brasil que declinou de hospedá-la.

A urgência é devido ao limite 1,5 º C no aumento das temperaturas medias do planeta, que não pode ser ultrapassado.

Como disse a secretaria-executiva do UNFCCC. “Este é o maior desafio que esta e as futuras gerações enfrentam.”

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta